• Diego Santana

Como vender mais na Black Friday




A Black Friday 2020 está se aproximando! E se você ainda não se programou, confira algumas dicas e corra - ainda dá tempo!

É claro que, para ter bons resultados e se livrar da dor de cabeça, você precisa se planejar antecipadamente, mas ainda assim é possível se aventurar na Black Friday e alavancar suas vendas nessa data.

Mas antes de saber como se programar para a Black Friday 2020, vamos falar do sucesso que foi a Black Friday no ano anterior!

Bem acima do esperado, o varejo online brasileiro faturou R$3,2 bilhões na Black Friday 2019, uma crescente de 23,6% quando comparado ao mesmo período em 2018, o que mostra que ano após ano a BF cresce cada vez mais – e é muito esperada pelo público.

Para 2020, apesar de estarmos em meio a uma pandemia, essa será a maior Black Friday se as empresas estiverem prontas para suprir a demanda (inclusive as empresas tecnológicas!).

Sabe-se que, devido ao distanciamento social, o e-commerce cresceu de forma descontrolada, onde consumidores que nunca haviam comprado online, agora vão manter esse hábito. Além da praticidade das compras online, com a Black Friday vem também os descontos, aumentando ainda mais as chances de venda.

Agora confira alguns passos para que o dia 27 de Novembro seja um sucesso à sua empresa.

Planejamento

Sendo o item mais importante, o planejamento da campanha de Black Friday deve direcionar todas as estratégias da loja para o consumidor, desde desconto até mesmo a transportadora que levará o produto. Pense em absolutamente TUDO e, para isso, responda as questões:

- Como o desconto será aplicado?;

- A estratégia de venda será no preço ou no frete grátis?;

- A loja toda entrará na promoção ou só produtos selecionados?;

- Quando iniciará a Black Friday? (Algumas lojas já começam na quinta, enquanto outras iniciam na virada);

- A equipe está preparada para a alta demanda de produtos?;

- Como será feita a comunicação de marketing?;

- Você focará na sua persona ou tentará atingir diversos clientes?;

- Quanto investirá em marketing?;

Fornecedores

Depois de responder essas questões, vamos entrar na parte mais delicada da Black Friday, que são os seus fornecedores, sim!

É imprescindível fechar com fornecedores flexíveis, principalmente na Black Friday. Tente negociar ao máximo com eles sobre os descontos, que podem ser feitos desde um pedido maior ou até na porcentagem de vendas do produto.

Mas saiba que nem todos conseguem descontos com fornecedores, então não deixe essa conversa para o final, adiante-se.

E uma dica valiosa é repassar esses descontos ao cliente final, para que sua loja seja competitiva entre as demais.

Estoque

Ligado aos fornecedores, não adianta comprar milhares de produtos só para conseguir o desconto, você precisa manter os pés no chão.

E principalmente na Black Friday, não venda o que você não tem no estoque! Apesar de ser uma estratégia tentadora, ela pode acarretar problemas à empresa e sua reputação.

Aproveite essa data para queimar aquele produto que tem o estoque parado, faça seu dinheiro girar.

Visibilidade da loja

Depois de planejar e organizar tudo para a Black Friday, que tal olhar para dentro da sua loja e analisar possíveis erros e também melhorias na plataforma?

Verifique se há problemas de navegação, se a plataforma suporta alto volume de acessos, se os itens estão carregando rapidamente. Uma loja com problemas não passa confiança e faz com que o cliente desista da compra.

Sistema responsivo

Seu e-commerce conta com versão mobile? Senão, saiba que você pode estar cometendo um erro, já que hoje em dias a pessoa realizam suas compras através de dispositivos móveis.

Portanto, garanta uma boa navegação mobile para não perder vendas ao concorrente.

Campanha no site

Você sabia que banners estratégicos dentro do site podem fazer milagres? Além de destacarem melhor as promoções, eles também podem ser encaixados em diversos lugares do site, não só na página principal – mas lembre-se de configurar a plataforma para suportar diversos formatos.

A campanha no site deve ter uma comunicação clara e objetiva, com destaque no preço, mas sem abrir mão do design criativo e chamada para ação atraente.

Canais de venda

Agora que você já organizou seu site, é hora de traçar estratégias para levar os consumidores até ele, porque não adianta nada a loja estar rodando perfeitamente, mas não haver visitas, né?

Você até pode apostar no modo orgânico, mas lembre-se que a Black Friday é o momento em que os anúncios estão por todos os lugares na internet.

Facebook

Essa é a rede social essencial para sua loja estar presente! Além de ter um público grande, com o Facebook você pode gerenciar anúncios em outras redes sociais, criar catálogos de produtos e usar estratégia de remarketing (dessa forma, o cliente não esquece do produto visto anteriormente).

Instagram

Dependente do Facebook para anunciar, o Instagram é a rede social com maior engajamento na internet. Nele, você pode realizar posts no feed e também no storie, aumentando a interação com os seguidores.

Para a Black Friday, uma estratégia é utilizar o Instagram Shopping, uma ferramenta que permite marcar os produtos na imagem – em um clique o cliente visualiza o nome e também o valor do produto e, caso se interesse, em mais um clique já poderá acessar outra página com mais informações sobre, até mesmo realizar a compra.

WhatsApp

Sim, o WhatsApp pode ser utilizado para anunciar promoções da Black Friday, e até mesmo esclarecer possíveis dúvidas dos clientes no período – só não demore para responder!

Google Ads

Essa plataforma é coringa para datas sazonais, principalmente a Black Friday! Os clientes não compram sem dar uma olhada no Google, e geralmente fazem isso para compara o preço.

Nessa data, o consumidor só foca no valor e no frete grátis, portanto, faça anúncio no Ads para garantir alguns cliques no seu site.

Você pode utilizar, também, o Google Shopping, uma plataforma que já exibe o produto com foto e preço.

Ticket médio

Na Black Friday você deve tentar aumentar o ticket médio de compra na loja. E isso pode ser feito através de kits de produtos relacionados, ou através de uma excelente estratégica “Faltam x reais para levar sua compra com frete grátis!”.

O consumidor brasileiro AMA frete grátis, o que acaba instigando-o a comprar mais.

Chegou o dia da Black Friday! Nada de deixar a loja de lado e fazer outras coisas, é necessário monitorar a loja para que você tenha o controle de tudo que está acontecendo, afinal, algumas coisas podem funcionar de forma inesperada.

Tenha sua equipe disponível para atender todos os clientes e boas vendas.


174 visualizações

© 2018 por E-Commerce Rocket

  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone Instagram

Aceleradora de E-Commerce